domingo, 1 de março de 2009

"Saudade... o inexplicável gosto doce, salgado e amargo. Os três ao mesmo tempo. Mas, ainda assim, perceptíveis independentemente.

O doce da lembrança, com salgado tempero de lágrimas e o amargo da distância... "



Max Braga



(Obrigada Max. Por poder definir tão bem pra mim [e por mim])

2 comentários:

Max Braga disse...

=] Foi uma descrição bem despretensiosa. Nem imaginei que pudesse virar um post. =P

Mas agora que virou, percebi que tem até um tom poético. Achei algumas "quase rimas", se é que isso existe.

rs

Tatiane C. disse...

não gosto da saudade.
principalmente se for saudade de algo ou alguém que nunca vi.

:(