domingo, 1 de março de 2009



(Hoje a saudades bateu de novo. Saudades daquela chuva, daquele frio, daquelas luzes e daquela cidade que ainda vivem depois das três da manhã...)

- Alguém pediu um pouco de saudades???
- Aqui, nesta mesa, por favor. Pode me trazer um pouco de melancolia também?
- Claro...

3 comentários:

Max Braga disse...

Saudade... o inexplicável gosto doce, salgado e amargo. Os três ao mesmo tempo. Mas, ainda assim, perceptíveis independentemente.

O doce da lembrança, com salgado tempero de lágrimas e o amargo da distância...

nathyacarnylle disse...

Qui lindo, senti daqui toda a saudade!

Fernando disse...

Placas com o nome da rua em tamanho GIGANTE e com pintura reflexiva sao mais legais que as placas azuis que temos por essas bandas =D