quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Um dia a gente muda.
Inventa de se reinventar.
E então descobre
que agora,
que mudamos,
Muitas coisas parecem estar desconexas
e destoantes.
E lá vamos nós
reinventar sonhos,
sentimentos
e pessoas.

Um comentário:

Srta Lee disse...

Vida, eterno recomeço!